SolarView

Espaçamento entre módulos fotovoltaicos: como definir?

A instalação de módulos fotovoltaicos não é um processo complicado, mas exige atenção aos detalhes. Escolher o local onde eles serão instalados, assim como a inclinação e o espaçamento são escolhas que interferem diretamente sobre a eficiência na conversão de energia solar em elétrica. 

Em outros artigos, já comentamos sobre as vantagens e desvantagens de cada tipo de painel solar, explicamos por que eles são azuis e demos dicas de como escolher a melhor inclinação. 

Neste texto, explicamos como definir a distância entre os módulos. Continue lendo para saber mais!

 

Como escolher os módulos fotovoltaicos?

Antes de pensar sobre o espaçamento entre as placas, é importante que você tenha em mente quais as melhores opções de acordo com a sua realidade. 

No mercado, há diversos tipos de painéis solares, como os de silício mono e policristalino, os de filme fino e aqueles híbridos, que se utilizam de combinações entre eles. 

Por isso, faça os cálculos sejam feitos com cautela e considere os seguintes aspectos:

  1. Tenha certeza de que a qualidade dos materiais é boa de acordo com os padrões do tipo de painel;
  2. Faça pesquisas acerca da reputação dos fornecedores;
  3. Compare os preços e calcule o custo-benefício;
  4. Considere a qualidade do suporte técnico. 

Reforçamos o último ponto porque, caso você tenha problemas no futuro, é essencial contar com o auxílio de um suporte bem feito. Saiba mais sobre tipos de painéis no nosso blog

 

Painéis solares em um campo aberto.

 

Onde instalar os módulos fotovoltaicos?

Na hora de realizar a acomodação dos painéis em seu terreno, ponha atenção a fatores como sombreamento, temperatura, material e tamanho da instalação interferem na eficiência de atuação dos módulos. 

Lembrando que eles devem ser colocados próximos do local de onde a energia será consumida. 

Também é válido enfatizar que as placas podem ser instaladas em postes, lajes, coberturas de estacionamento ou telhados. O mais importante é que elas sejam acomodadas em locais altos. 

 

Qual deve ser a inclinação dos painéis solares?

Tanto a inclinação quanto a orientação dos painéis deve ser pensada a partir da latitude em que se encontram. Além disso, saber se ele terá o seu próprio grupo gerador e a época do ano têm grande influência sobre isso. 

No texto sobre inclinação das placas solares, ensinamos como calcular a inclinação a partir das condições atmosféricas, o ângulo solar e a posição dos telhados. Saiba como clicando aqui

Além disso, você também deve considerar que, em alguns casos, não será possível alcançar as melhores condições. Nessas ocasiões, deve ser pensado como conseguir a melhor radiação solar de acordo com a perpendicularidade. Assim, serão otimizados os resultados. 

 

Como calcular a distância entre os módulos fotovoltaicos?

A intenção principal de distanciar os módulos, considerando a inclinação entre eles, é evitar que um painel sombreie o outro ao longo do ano. Dessa forma, Para definir o melhor espaçamento entre as placas, sugerimos que você faça os cálculos abaixo. 

 

Arranjo horizontal em um plano

Imagem ilustrativa sobre espaçamento entre módulos.

 

D = (h / tan (h)) · cos (a)

 

Considerando que o arranjo será feito horizontalmente, em um plano. Sendo:

  • d: distância mínima entre as linhas do painel;
  • h: altura da linha do painel (verticalmente);
  • tan (h): tangente da altura solar (ângulo) no mês mais desfavorável em nossa latitude. 
  • cos (a): cosseno do azimute solar no mês mais desfavorável (dezembro) às 10h solares.

 

Arranjo inclinado em laje plana

Imagem ilustrativa sobre espaçamento entre módulos.

Pensando que as placas estão inclinadas, a área ocupada por elas não é a mesma caso elas estivessem dispostas horizontalmente. Tendo isso em vista, sabemos que quanto mais inclinado o painel, menor será a distância. 

Para calcularmos o espaçamento entre elas, devemos encontrar o valor da menor distância possível, que é d. A partir da seguinte fórmula. 

 

d = (3,5 x h) – D

Sendo:

  • h: valor da haste de fixação, calculado a partir de h = L x sen. Α;
  • D: a distância da base, calculado a partir de D = L x cos.α;
  • L: tamanho do módulo solar;
  • α: ângulo de inclinação.

A partir disso, você encontrará a melhor combinação e distanciamento entre os módulos fotovoltaicos e terá o resultado mais condizente com o que precisa. Boa sorte nessa nova jornada no mercado solar!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Popular Posts
Popular Posts
Procurar

    Assine nossa
    Newsletter

    Acompanhe as novidades por email

    This error message is only visible to WordPress admins

    Error: No connected account.

    Please go to the Instagram Feed settings page to connect an account.