SolarView

Onboarding: a técnica que não pode faltar no seu pós-venda

Assim que o fechamento de uma venda acontece, se inicia uma parte muito importante do processo de pós-venda: o onboarding. O termo, que vem da língua inglesa, possui significados complementares, como “receber”, “integrar” e “promover ambientação”. Ou seja, ele fala sobre a recepção de novos clientes e como guiá-los para que eles obtenham sucesso com os produtos oferecidos pela sua empresa.

Mas, antes de explicar melhor como funciona este processo, é importante lembrar que vários fatores têm influência sobre ele. O design do site, o atendimento ao cliente, a assistência pós-venda e os reais benefícios do seu produto são alguns exemplos. Por isso, destacamos que não é interessante investir neste ponto se as demais áreas citadas não estão bem estruturadas.

A importância do onboarding

Às vezes, mesmo quando se executam todas as técnicas de vendas e marketing recomendadas, existem casos de empresas que perdem clientes. Isso acontece quando há uma falha de comunicação. 

Ou seja, quando acontece um ruído na hora da demonstração ou da execução dos serviços, o cliente pode se sentir prejudicado e acaba optando por não seguir com a contratação daquilo que o seu negócio oferece. 

A fim de evitar que esse tipo de situação aconteça, abordaremos neste artigo as melhores formas de fazer onboarding com novos clientes e como aprimorar este processo para que a sua empresa continue vendendo e aumentando as taxas de conversão, obtendo bons resultados na vendas e no pós-venda.

 

Imagem ilustrativa sobre sucesso e onboarding.

 

4 formas de melhorar o seu processo de onboarding 

#1 Identifique o sucesso

Quando falamos de sucesso no onboarding, estamos nos referindo ao sucesso do cliente. Para isso, é necessário entender quem é ele, quais os seus desejos, aspirações e motivações. 

Converse com o cliente e descubra quais as “dores” dele. A partir disso, veja quais soluções da sua empresa servem para ele e, então, defina um plano de ação. 

Dessa forma, fica mais fácil saber quais “rotas” devem ser seguidas para ajudá-lo a alcançar aquilo que almeja. E para tal, o cliente deve entender a importância de contratar os seus serviços, portanto mostre quanto tempo e dinheiro ele está economizando com o contrato. 

Por exemplo: se um cliente pretende pagar menos pela conta de luz e, a partir da instalação do kit fotovoltaico que a sua empresa vende, ele consegue diminuir o valor das contas em 40%, isso é um sucesso dele. E, quando o cliente está satisfeito, ele encontra motivos para permanecer com a parceria

 

#2 Evite atritos

Depois de compreender o que é sucesso para o cliente, é hora de focar em garantir que os recursos do seu produto sejam fáceis de ser entendidos e utilizados. Dessa maneira, você evita que barreiras iniciais sejam criadas e, como consequência, evita que os clientes desistam logo nas primeiras etapas. Para isso, facilite a experiência do usuário:

  • Pense sobre como ajudar o usuário a alcançar seu objetivo da forma mais prática possível;
  • Diminua o esforço que ele terá para compreender o seu serviço;
  • Explicite desde o princípio qual nível de habilidade é necessário para lidar com o que você está sendo oferecido;
  • E, por fim, simplifique os passos para que ele alcance o sucesso que pretende.

 

Imagem ilustrativa sobre onboarding.

 

#3 Faça um primeiro contato impecável

O primeiro contato e a documentação inicial pedida com o cliente são pontos cruciais para desenvolver um bom relacionamento. Saber como apresentar o seu serviço e demonstrar que você se preocupa com o rendimento dele após a venda são atitudes essenciais para mostrar ao cliente que você entende o que está oferecendo e que está disposto a oferecer o melhor serviço a ele.

Isso dado que, quanto mais controlado o meu ambiente, menor é a margem de erro. Ou seja, quando existe uma documentação e um acordo direto sobre aquele serviço que será prestado, o cliente terá menos dúvidas e passará a trabalhar com mais confiança.

 

#4 Seja transparente

A transparência e a performance são pilares de um bom negócio. Em vista disso, seja claro e sincero em relação àquilo que está vendendo. Faça reuniões, mantenha contato, apresente relatórios, entregue resultados e tenha um checklist à mão. 

Nesta etapa, entra a importância do gerenciamento do serviço no pós-venda e dos relatórios. Se você está buscando otimizar o seu processo de vendas, melhorando o pós-vendas e, consequentemente, o onboarding, precisa conhecer as soluções SolarView. 

Com as nossas plataformas Business, Light e Pro, você escolhe qual a melhor opção para a sua empresa e realidade. Saiba mais sobre clicando aqui.

 

#5 Veja o onboarding como um processo contínuo

Apesar do onboarding ser realizado com mais afinco nos primeiros dias ou semanas em que o produto foi adquirido, a sua empresa deve estar sempre disponível para auxiliar em possíveis questões. Dessa maneira, você garante que os clientes se mantenham fiéis ao acordo e satisfeitos com o que lhes foi vendido.

Sendo assim, mantenha contato e proximidade para conservar os objetivos alinhados e uma comunicação saudável com o cliente. É importante tratar o cliente como se fosse o primeiro dia em que ele foi atendido. Continue ofertando as suas soluções e atualizações.

 

Tendo em conta todos os pontos passados, comece a praticá-los e compartilhe o texto com a sua equipe de pós-vendas. Com isso, você garante que todos os vendedores e responsáveis estejam alinhados e de acordo com o processo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Popular Posts
Popular Posts
Procurar

    Assine nossa
    Newsletter

    Acompanhe as novidades por email

    This error message is only visible to WordPress admins

    Error: No connected account.

    Please go to the Instagram Feed settings page to connect an account.